Decorações

Dicas de decoração para o quintal da sua casa

A decoração para o quintal de uma residência faz parte dos temas mais buscados quando o assunto é arquitetura e design de ambientes. 

Este artigo vai apresentar algumas dicas do que fazer para aprimorar o aspecto de sua área externa. 

O quintal é a área externa posicionada aos fundos de uma casa, oferecendo acesso direto às partes centrais e laterais do terreno. 

Usualmente negligenciada, essa parte da residência pode comportar piscinas, hortas, jardins e playground, com adaptações de tamanho. 

Os projetos de arquitetura e paisagismo para áreas externas são mais simples e podem ser executados pelo próprio morador. 

Alguns benefícios de um quintal organizado são: 

  • Valorização no preço do imóvel; 
  • Expansão das áreas de convivência; 
  • Eliminação do acúmulo de lixo; 
  • Revitalização e aproveitamento de plantas.

Não é necessário gastar muitos recursos com a revitalização desses espaços, posto que adições como velas com aroma artificial para chocolate podem mudar a experiência de uma tarde ou noite no quintal. 

Explorando as possibilidades do quintal

O quintal pode ser aproveitado de maneira muito criativa, independentemente das dimensões do espaço disponível. 

Além da beleza da área externa, algumas ações inserem funcionalidades extras à residência em si, otimizando todo o terreno. 

Misture móveis de madeira e metal 

As superfícies de madeira e metal são conhecidas por sua alta resistência às intempéries, capazes de manter sua forma original diante de chuvas e sol quente. 

Essa adaptabilidade torna esses materiais perfeitos na escolha de móveis para áreas externas. 

No caso da madeira, é importante observar aspectos como o tipo da madeira e sua porosidade, sendo recomendado investir em tratamentos para impermeabilização, a fim de garantir uma proteção adicional ao móvel. 

A madeira gera uma sensação de acolhimento e naturalidade, uma vez que é uma superfície extraída da vegetação. 

Projetos de arquitetura com etiquetadoras industriais são conhecidos pela beleza e autenticidade no uso da madeira em móveis externos. 

É possível construir bancos, mesas, cadeiras e sofás baseados nesses materiais. No caso do metal, elementos como o ferro são pouco recomendados em regiões com alta concentração de salitre no ar, como são os lotes próximos à praia. 

O morador pode usar alumínio nesses casos como um bom substituto. Basta apenas aplicar uma camada de tinta especializada em metais, posto que o alumínio não deteriora em contato com o salitre, mas mancha. 

O metal também pode receber trabalhos estéticos que remetem ao estilo mais antigo, seja pelos contornos da peça, que pode ser talhada, ou pela aparência e textura do móvel, que podem ser mais rústicos, integrando o móvel ao cenário natural. 

Inserir móveis no quintal transforma áreas descobertas em espaços para recepção de convidados e reuniões sociais, como uma espécie de sala de estar anexa. 

Superfícies acolchoadas como em sofás podem ser revestidas com um tecido especial. Um exemplo é o tecido náutico, com elevado poder hidrofóbico. 

Ele é de fácil limpeza, não acumula manchas e resiste bem ao salitre e à chuva, além disso, é similar ao couro, o que contribui com a estética do móvel. 

A instalação de uma tela protetora para piscina, quando é o caso, aumenta a segurança do espaço, tornando mais livre a circulação de crianças e animais. 

Use revestimentos em palha 

Os revestimentos em palha são mais leves que a madeira e podem retirar parte da formalidade de móveis feitos com esse material, especialmente em lotes de madeira mais escura. São empregados em tapetes, bancos, cestas e puffs. 

Os trabalhos com palha costumam ser artesanais, como uma placa de homenagem agradecimento, o que adiciona um toque de originalidade ímpar na sua produção. 

Isso acontece porque cada peça é diferente, trazendo a marca registrada do artista criador.

Esculturas e até quadros são feitos com o material, que também é resistente às intempéries. Cadeiras de balanço em palha costumam apresentar uma proposta mais moderna que suas versões em madeira. 

Isso acontece pelo formato ergonômico desses móveis, que precisam manter o equilíbrio e a segurança, devido a leveza da palha. As cadeiras de madeira, por outro lado, possuem peso e são talhadas em estilos mais vintage. 

Em grandes espaços, instale um pergolado

O pergolado é uma estrutura de madeira que se comporta como um teto improvisado, vazado, de fácil instalação e manutenção. Barras de madeira maciça são trançadas, criando ambientações únicas com a possibilidade de instalar vidro ou jardins suspensos. 

O pergolado é uma forma de quebrar a incidência do sol em partes da área externa destinada ao posicionamento de sofás, poltronas, mesas ou elementos de uma cozinha gourmet a céu aberto. 

Algumas propostas envolvem acrílico ou vidro nos vãos entre os troncos de madeira, o que pode servir como uma proteção contra a chuva. 

Em todo caso, o pergolado é uma boa ferramenta de demarcação de grandes espaços externos. 

O uso dessa estrutura na decoração vai além do design de quintais, usada também como um meio natural de climatização de ambientes comerciais, uma vez que reduz a sensação térmica. O modelo também é usado na decoração de eventos. 

Construa uma cozinha artesanal 

Para construir uma cozinha ao ar livre, não é necessário adquirir equipamentos como geladeira, freezer ou fogão. 

Na verdade, essas ferramentas não são recomendadas em espaços sem nenhuma cobertura, uma vez que lidam com a energia elétrica. 

 

Uma cozinha artesanal é a proposta que explora como os alimentos eram preparados antes dos eletrodomésticos. O fogão não é de aço-inox ou abastecido por gás, mas é uma estrutura em concreto onde o calor é gerado pela queima de lenha ou carvão. 

É possível construir também uma área separada para o fogo de chão, ideal no acabamento de churrascos ou em uma fogueira para aquecer os dias mais frios. 

Mesclar detalhes rústicos e modernos, como uma embalagem para porção de batata frita, é ideal. 

Insira flores na vegetação 

A vegetação nativa é composta, em grande parte, por folhas com poucos e pequenos frutos. Para acrescentar cor ao mar de verde, o morador pode plantar algumas flores no projeto de paisagismo de seu quintal. 

Existem diversos tipos de flores que podem ser cultivadas com pouco esforço, como a violeta e o crisântemo, com mudas que podem ser encontradas a baixo custo em floriculturas e feiras presentes em qualquer região. 

O morador pode atentar-se também para as flores que mais se adequam ao clima de sua cidade. Para identificar esses fatores, é importante observar a frequência de chuvas, o tempo de incidência solar, a temperatura e a posição das plantas no quintal. 

O cultivo de flores pode ser muito benéfico em ambientes com crianças, auxiliando no processo de avaliação psicológica infantil. O engajamento dos pequenos no processo ensina disciplina nas tarefas, responsabilidade e respeito à natureza. 

Inove na iluminação 

A iluminação de áreas externas como o quintal é o que garante o aproveitamento desse espaço durante a noite. 

Para assegurar a segurança e o conforto do quintal, experimente mesclar luminárias de chão e lâmpadas suspensas em pergolados. 

É possível usar também as luzes próprias de natal na decoração do espaço durante a noite. As opções disponíveis no mercado são coloridas, luz branca ou amarela, em cores sortidas ou em tonalidade única, adquiridas ao contratar motoboy

Esses modelos de iluminação podem ser mesclados com fontes mais naturais como candeeiros, velas e fogueiras. 

Além da diversificação, a presença desses objetos torna a decoração mais rica, seguindo uma tendência muito popular de resgate do antigo. 

Separe um espaço para a instalação de uma rede

A rede é uma estrutura muito aconchegante, apesar de improvisada, de fácil instalação e modificação. É necessário apenas alguns ganchos para acomodação do tecido que vai sustentar a pessoa deitada. 

É recomendado que as redes sejam posicionadas em espaços onde há algum nível de proteção no teto, como um pergolado. Isso porque a experiência é mais agradável quando não há a luz solar direta no rosto, além de servir como proteção contra a chuva. 

Use pedras na demarcação de passagens 

Se o seu quintal é grande, provavelmente o morador vai desejar um espaço livre para o trânsito de pessoas, carros e animais. 

Muitas vezes, o acesso à garagem passa pela área dos fundos e isso deve ser observado na projeção de uma área externa. 

Além disso, ao criar um projeto de paisagismo, uma das maiores dicas é a delimitação de canteiros, a fim de evitar um efeito visual bagunçado quando a vegetação já estiver estabelecida. O uso de pedras soltas é a alternativa mais prática, por ser de fácil instalação.

As pedras usadas podem ser brita comum, calcário, pedra de rio, seixo natural e muitas outras, com texturas que podem ser mais ásperas ou confortáveis ao pé. O formato da pedra também deve ser observado, a fim de evitar acidentes. 

Considerações finais

Sendo dessa forma, o quintal de casa é uma grande oportunidade para criação de ambientes coletivos, agradáveis e aconchegantes para a família.

 Em espaços limitados ou maiores, o quintal pode ser equipado com elementos de decoração e diversas funcionalidades. 

Seja para receber convidados, aproveitar um dia ensolarado, fazer um almoço em família ou estar ao ar livre durante a noite, o quintal oferece a privacidade e a liberdade que são decisivas para uma boa qualidade de vida em ambientes domésticos. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.