Chief Marketing Officer

Chief Marketing Officer: o que é, o que faz e como ser um bom CMO

Leia este artigo até o final e aprenda como funciona o Chief Marketing Officer: o que é, o que faz e como ser um bom cmo.

O organograma empresarial vem se transformando ao longo do tempo, e a formalização do C-Suite, que se refere a cargos executivos corporativos com a palavra “chefe” em anexo, inclui o CMO, ou Chief Marketing Officer, além de diretores executivo e financeiro. 

O diretor de marketing, ou CMO, é o executivo responsável por atividades em uma organização com a função voltada para a criação, comunicação e entrega de ofertas que tenham valor para os clientes ou parceiros de negócios. 

A principal missão de um Chief Marketing Officer é facilitar o crescimento e aumentar as vendas ao desenvolver um plano de marketing abrangente e que promova o reconhecimento da marca junto ao mercado consumidor.

Importante papel dentro do organograma empresarial, o CMO também ajuda na organização e obtenção de uma vantagem competitiva, se mostrando como uma marca envolvente e com autoridade sobre a área em que atua. 

Para atingir os próprios objetivos e moldar, de forma efetiva, o perfil público das empresas às quais representa, o CMO deve ser um líder excepcional e assumir a voz do cliente em toda a empresa, podendo ser uma assistência técnica informática de uma gigante do setor ou mesmo um pequeno empreendimento de varejo.

Os diretores de marketing possuem diplomas avançados em negócios e marketing, e geralmente se reportam ao CEO (Chief Executive Officer), ou diretor executivo – COO (Chief Operating Officer), o diretor de operações. 

Um Chief Marketing Officer que possui sólida experiência em tecnologia da informação também pode ter o cargo de tecnólogo de marketing. Em organizações de grande porte, no entanto, esses cargos são separados, e o técnico se reporta ao CMO.

Responsabilidades de um Chief Marketing Officer

O CMO é o executivo responsável por desenvolver a estratégia de publicidade corporativa e da marca, como um todo, bem como o alcance do cliente. 

Sendo o cargo de marketing mais alto dentro de uma construtora que desenvolve projeto elétrico residencial, o Chief Marketing Officer supervisiona todas as funções descritas, seguindo todas as linhas de produtos e em alinhamento com as finalidades da empresa.

Além disso, há outras responsabilidades que valem conhecer de forma mais aprofundada e que podem ser adequadas ao segmento de atuação da marca. 

  1. Desenvolver e executar campanhas de marketing

A principal responsabilidade de um CMO é criar e implementar campanhas de marketing regulares. Normalmente, eles começam com um tom ou mensagem específica que desejam comunicar sobre a marca.

Em seguida, ele trabalha com os líderes de marketing da própria equipe, em geral diretores e outros executivos do setor para criar uma estratégia de marketing de conteúdo centrada. 

O plano de campanha de marketing de uma construtora pode incluir elementos de design e versões adaptadas a diferentes plataformas, incluindo impressos sobre cintas de amarração de laje e marketing digital, no caso de empresas do setor de construção, tudo dentro de um orçamento dedicado a essa finalidade.

Uma vez que a campanha de marketing se torna pública, o CMO supervisiona os dados que chegam e os ajustam de acordo com a necessidade apresentada. 

  1. Realizar pesquisa de mercado e análise métricas

O CMO é responsável por fazer planos de marketing que alcancem os clientes, aqueles denominados como público-alvo. 

Ele pode realizar pesquisas de mercado e análise de dados sobre o consumidor, como um todo, a experiência atual do cliente e as tendências do mercado, e assim descobrir a melhor forma de alcançar o público demográfico e fazer vendas. 

  1. Supervisionar a comunicação direcionada ao público

A maioria dos CMOs supervisiona todas as relações públicas da empresa, incluindo quaisquer comunicações de marketing voltadas para o público ou mensagens da marca, como:

  • Canais de redes sociais;
  • E-mails marketing
  • Loja virtual;
  • Publicação impressa;
  • Site corporativo.

Ao revisar essas atividades de marketing, eles garantem que a comunicação esteja focada na marca e esteja devidamente alinhada com a campanha atual. 

  1. Colabore com outras posições C-Suite

Em geral, um executivo nunca trabalha separado de outros “chefes no comando”, tendo um trabalho direcionado e com estreita colaboração entre os diferentes cargos de nível C na empresa. 

Isso inclui o diretor executivo (CEO), o diretor de informações (CIO), o diretor de produtos (CPO), o diretor de operações (COO) e o diretor financeiro (CFO), para então determinar elementos como preços e desenvolvimento de novos produtos, bem como o direcionamento da marca.

Dessa forma, espera-se que o trabalho do CMO produza resultados de primeira grandeza, com os esforços de marketing aumentando a conscientização, o reconhecimento e a lealdade da marca de ar condicionado instalação que, em última análise, levarão ao crescimento nas vendas. 

Cabe ressaltar que o mesmo processo se dará em empresas de outro segmento, mas para ações mais efetivas algumas adequações podem ser necessárias.

Como tal, espera-se que o Chief Marketing Officer trabalhe, sempre, com o foco na missão e nos valores corporativos, em conjunto com o setor de vendas e atendimento ao cliente. 

Qualificações necessárias para ser CMO

Com tamanha responsabilidade dentro de uma organização, um CMO é um cargo de alto nível e, portanto, a maioria dos cargos exige qualificações à altura. 

A maioria das posições de Chief Marketing Officer exige que os ocupantes do cargo tenham educação compatível, com um diploma de bacharel em administração de empresas, desenvolvimento de negócios ou propaganda e marketing. 

Ainda assim, há corporações que exigem, dentro de uma posição mais competitiva, que os profissionais tenham pós-graduação, certificações na área de marketing, além de mestrados e outras qualificações educacionais.

A experiência no mercado também é um diferencial quando se trata da ocupação de um cargo como CMO, principalmente por causa de toda a responsabilidade que a posição exige.

As empresas sempre procuram por profissionais com experiência no departamento de marketing, somado a um período com a ocupação na liderança de equipe e até conhecimento de serviços de contabilidade preços dedicados a campanhas publicitárias.

Os empregadores em potencial sempre estão interessados em observar os esforços de marketing dos contratados. 

Nesse quesito, a perspicácia de marketing, o bom senso dentro de projetos anteriores, e a própria criatividade aplicada em situações adversas são levadas em consideração. 

A função do Chief Marketing Officer precisa ter uma compreensão profunda sobre diversas habilidades técnicas, e muitas delas em diferentes níveis de atuação, inclusive para trabalhar em parceria com profissionais de um escritório contábil terceirizado ou outros serviços aliados, por exemplo.

Isso inclui experiência com software de design, programas de otimização de mecanismos de pesquisa, ou SEO (Search Engine Optimization), servidores e programas de disparo de e-mail, plataformas de rede social, geração de leads e tecnologia de gerenciamento de vendas. 

A comunicação e a liderança também são fundamentais para quem exerce a função e ocupa o cargo de CMO, pois além das habilidades de marketing, também é preciso tratar com pessoas.

Assim, fica mais fácil orientar, de maneira efetiva, a equipe ao qual irá gerenciar, mantendo a moral elevada e, assim, pode explicar as ideias de forma clara para construir uma campanha de marketing realmente inovadora, criativa e que atinja o público-alvo de maneira correta. 

CMO e o cenário martech

As mudanças impulsionadas pela tecnologia, principalmente as observadas nas duas primeiras décadas do século 21, colocaram a posição de CMO em alto grau de importância. 

Por isso, muitas empresas transportadoras em Ribeirão Preto, entre muitas outras, estão reformulando o trabalho em relação a essas mesmas forças da tecnologia, tendo em vista que há um novo cenário que se apresenta na forma de martech (Marketing Technology),

Essa denominação trata da tecnologia de marketing, e se refere às ferramentas e softwares online que os departamentos de marketing utilizam para aplicar, de uma maneira formal, o inbound marketing. 

Com a ideia de alcançar, atrair, engajar e converter clientes, essas ferramentas são empregadas para ajudar o CMO, e toda a equipe de marketing, a planejar, gerenciar e medir o desempenho de uma campanha publicitária com mais eficiência e eficácia. 

Assim, é possível agilizar processos que, até bem pouco tempo atrás, consumiam tempo e mão de obra consideráveis. 

O Chief Marketing Officer que compreender as funções do martech terá em mão sistemas de gerenciamento de conteúdo, plataformas SaaS (Software as a Service), soluções de gerenciamento de redes sociais e ferramentas de análise de dados. 

Conclusão

Os avanços tecnológicos do século 21 elevaram a importância da posição do Chief Marketing Officer em muitas organizações, acompanhando evoluções estruturais como:

  • Computação móvel;
  • Inteligência Artificial;
  • Internet das Coisas;
  • Plataformas de redes sociais;
  • Rede mundial de computadores.

Todas essas peças se encaixam, de alguma maneira, nas atividades de um CMO, pois são responsáveis por novas maneiras de se alcançar clientes e entender seus pensamentos, sobretudo os produtos, serviços e marcas. 

Por toda mudança de comportamento, esses pontos deram uma nova voz, e muito mais proeminente, aos consumidores, que assim podem transmitir, de forma instantânea, opiniões para milhares de pessoas, se não milhões, em se tratando de influenciadores digitais. 

Nesse aspecto, os CMOs e as equipes de uma indústria, seja de tubos galvanizados ou outros materiais, podem aproveitar essas tecnologias para alcançar e influenciar o mercado consumidor, posicionar os produtos e desafiar concorrentes na mesma escala e velocidade que os clientes.

Como tem acontecido com outros executivos do chamado C-Suite, nesse novo paradigma de negócios orientado para a tecnologia, o CMO deve colaborar muito mais com os demais líderes, e assim acompanhar o ritmo. 

Por fim, um Chief Marketing Officer deve ser capaz de se adaptar e inovar quanto às prerrogativas que o cargo exige, à medida que as tecnologias evoluem e os mercados mudam de forma constante e imprevisível.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.