Conexão entre as mídias sociais e o marketing de afiliados

Qual é a conexão entre as mídias sociais e o marketing de afiliados

As mídias sociais e o marketing de afiliados podem ser uma ótima combinação para qualquer pessoa a fim de alavancar a exposição do seu negócio com a internet.

A publicidade tradicional é estruturada em torno do relacionamento entre anunciantes, agências e mídia.

Por sua vez, os meios de comunicação tradicionais (jornais, revistas, rádio e televisão) atingem uma ampla audiência, mas sem qualquer oportunidade de segmentação.

No entanto, os empreendedores descobriram outra maneira eficaz de alcançar inúmeros clientes em potencial a um ótimo custo, que é o marketing de afiliados.

Acompanhe esse texto para saber mais sobre o marketing de afiliados, como eles podem ser aplicados às redes sociais, como os dois formatos se complementam e as vantagens disso para os negócios.

O que é o marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é uma forma de publicidade na qual o afiliado pode promover produtos e/ou serviços para anunciantes parceiros e, em troca, receberá uma comissão.

Esta comissão pode ser feita com:

  • Cliques;
  • Downloads;
  • Inscrições em cursos;
  • Vendas.

Assim, para uma empresa de ar condicionado que procura afiliados, por exemplo, a grande vantagem é que o programa muitas vezes é baseado em desempenho, ou seja, os afiliados só são conquistados ao fechar negócios.

Como o marketing de afiliados funciona?

Os vendedores podem configurar certas métricas para determinar o sucesso do afiliado e, portanto, quanto eles receberão no final da venda.

A seguir, vamos falar um pouco mais sobre as principais categorias de anúncios.

CPC – Custo Por Clique

Na categoria Custo Por Clique, o papel do afiliado é trabalhar o máximo possível com as campanhas de orçamento obra residencial de sua carteira para os clientes clicarem nelas e serem direcionados para as empresas que é parceiro neste ramo.

Neste caso, não é preciso que uma venda seja fechada – o que vale é o número de cliques nos banners, anúncios ou quaisquer outros anúncios distribuídos pelo afiliado.

CPC é sem dúvida a forma menos complexa, já que o principal foco do afiliado será o desenvolvimento de campanhas com alto poder de cliques e não necessariamente dignas de conversão.

CPA – Custo Por Ação

Neste caso, não basta clicar no anúncio do produto. A comissão de afiliado será cobrada quando o cliente, além do clique, realizar qualquer tipo de ação dentro da página.

Pode ser um cadastro, tirar dúvidas ou até mesmo fazer uma compra.

Ao contrário do CPC, o custo por ação exige que, além de uma boa campanha publicitária e de comunicação, o afiliado seja capaz de criar uma página que seja interessante o suficiente para vender um produto ou levar o usuário a interagir com ela.

CPM – Custo por Mil Impressões

O CPM é baseado em um valor fixo determinado pelo anunciante. Ele pagará esse valor cada vez que o anúncio atingir 1.000 visualizações no blog do afiliado.

Afiliados que já possuem boas visualizações tendem a gerar mais interesse e se beneficiarem mais do custo por mil impressões.

CPV – Custo Por Vendas

Como o nome sugere, o Custo por Vendas paga à empresa afiliada toda vez que um cliente comprar nobreak, ou qualquer que seja o produto acordado para a parceria.

As compras podem ser feitas a partir de códigos ou links que comprovam o vínculo da transação ao afiliado e, portanto, confirmam que a compra foi feita a partir dele. 

Como fazer marketing de afiliados nas redes sociais?

O marketing de afiliados se tornou uma das muitas tendências de mídias sociais. Os gastos com marketing de afiliados aumentaram significativamente desde 2010, e a partir de 2022 devem chegar a US$ 8,2 bilhões somente nos Estados Unidos.

Mesmo assim, é difícil elaborar e obter resultados com esse formato sem uma estratégia bem estabelecida.

Assim, é importante não apenas realizar determinadas ações nas redes sociais, mas também melhorá-las. Essas estratégias ajudarão nisso, veja.

Links de referência

Este método pode ser chamado de clássico. Sua essência é fornecer links de referência postados por parceiros em sites, páginas e fóruns de discussão. Isso é usado quando uma página na rede social não é suficiente.

O monitoramento é garantido pela instalação de um script na página de destino. Por exemplo, uma página de loja online. Você também deve ter seu próprio site para atrair clientes em potencial.

A instalação de um script de rastreamento garante a leitura da referência do link e a identificação do afiliado.

A vantagem deste método é que é fácil de implementar: basta ter um software mínimo.

Rastreamento por fonte de referência

Esta é uma versão mais leve do primeiro método. O script de rastreamento também é necessário aqui. No entanto, eles não registram um link de referência, mas sim o link para um site parceiro.

Isso facilita a jornada do lead, reduzindo o nível de desconfiança. O marketing de afiliados é uma maneira eficaz de promover a mensagem promocional certa ou a plataforma certa, mas somente se for escolhido o parceiro certo.

Métricas

A taxa de conversão é a proporção de usuários que acessam um site e executam ações direcionadas.

A taxa de cliques é o número de cliques que o anúncio de etiquetas para produtos de limpeza tem em um determinado momento.

O número de pesquisas sobre o seu programa de afiliados é um sinal positivo se a taxa aumenta.

Todos esses dados são métricas fundamentais de se acompanhar ao longo da duração de uma campanha de afiliados.

Conheça as vantagens do marketing de afiliados

Ter uma estratégia eficaz é um fator decisivo para alcançar os resultados desejados. Um bom plano de marketing é amplo, mas o marketing de afiliados merece atenção especial.

Estamos falando de uma ferramenta muito poderosa para o seu negócio quando executada de forma adequada.

Um grande desafio para qualquer negócio online é gerar tráfego e leads, que depois serão convertidos em clientes.

Sabemos que existem muitas opções na web e está cada vez mais difícil – e mais caro – atrair as pessoas certas no momento certo. Veja por que o marketing de afiliados é importante para auxiliar nesse processo a seguir.

Custo baixo

Esse método está ganhando popularidade, principalmente no Brasil, onde o mercado ainda está começando.

Os afiliados anunciam e vendem seus produtos e são pagos apenas com base no desempenho.

Entre os principais formatos de pagamento de afiliados estão o CPL e o CPV, já detalhados mais acima.

Isso significa que o anunciante só pagará o custo se o lead gerado for validado ou se a venda for realizada e confirmada (paga).

Para obter resultados, os afiliados usarão seu conhecimento e público de maneiras diferentes, em diferentes verticais (sociais, influenciadores, conteúdo, cupons).

Assim os anunciantes economizam tempo e dinheiro e podem focar em outras estratégias para a venda da máquina de solda Mig Mag e demais itens de seu catálogo.

Possibilidade de escolher embaixadores

No marketing de afiliados você configura seu programa, todas as regras e permissões, e escolhe os afiliados.

Os critérios de seleção dependem de você. É possível filtrar de várias formas para escolher os melhores afiliados, que serão os embaixadores da sua marca.

Desta forma, avalie a compatibilidade, os canais de distribuição e selecione apenas aqueles que melhor correspondem ao que espera, de acordo com o posicionamento e estratégia do escritório de contabilidade em São Paulo, ou conforme o seu ramo de atuação.

Economia e risco baixo

Quando você lança uma campanha patrocinada, não importa onde ou como, o risco é do seu negócio.

Se você está direcionando tráfego e não gerando leads ou vendas, o custo ainda estará lá.

Ao trabalhar com afiliados, você minimiza esse risco porque permite que os embaixadores usem seus conhecimentos e táticas para direcionar as pessoas para contratar a manutenção de nobreak, por exemplo.

Se você não tiver sucesso, seu negócio não terá custo nenhum, pois o modelo de pagamento por desempenho que direciona a parceria.

Ou seja, se os custos de comissão de afiliados forem altos, isso é um sinal de que está funcionando porque sua marca provavelmente está vendendo muito.

Implantação barata

Em outro contexto, se os profissionais do projeto cozinha industrial precisarem criar um software desde o começo, o programa afiliado vai obviamente custar muito caro. 

Desse modo, você pode se vincular a uma rede com a tecnologia já pronta. Ela cuidará de qualquer implantação e terá uma rede com vários afiliados registrados e disponíveis para anunciar sua marca.

Nesta parceria você pagará uma taxa mensal fixa e a comissão da rede sobre as vendas. A plataforma fica com uma parte e repassa o resto para os afiliados.

Além disso, a ferramenta fornece uma variedade de relatórios para medir os resultados. Tudo isso facilita muito o seu trabalho e os resultados do seu negócio.

Considerações finais

O marketing de afiliados é uma ótima ferramenta para personalizar as táticas de publicidade. É bom para todos, tanto para a empresa quanto para o afiliado.

Essa estratégia é utilizada pela maioria dos e-commerces e tem feito muito sucesso em muitas partes do mundo.

Se o seu negócio ainda não trabalha com afiliados, talvez seja hora de repensar e pelo menos experimentar esse modelo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.