Lancheiras com comidas saudáveis

Vídeos do tipo “montar a lancheira escolar” fazem cada vez mais sucesso

A volta às aulas presenciais, o crescimento do uso das redes e os vídeos de react podem ter influência no novo fenômeno

O isolamento social promovido pela pandemia de covid-19 modificou o comportamento dos usuários nas redes. Foi nesse cenário que o Tiktok, uma das maiores plataformas da atualidade, emergiu, transformando cidadãos comuns em produtores de conteúdos online, acessados por milhares de pessoas. 

A junção desse fenômeno à volta às aulas impulsionou um novo nicho de marmitas personalizadas e montagem de lancheiras. Os novos influencers desse nicho têm como foco dos seus vídeos a preparação dos alimentos e a organização das lancheiras e marmitas. 

Os “reacts”, vídeos de reação criados por grandes personalidades da internet, como é o caso do Casimiro, também contribuíram para que cada vez mais se tornasse comum encontrar vídeos de lancheira enquanto se navega pelas redes sociais.

Canais que se tornaram referência na montagem de lancheiras

Não é possível atribuir o sucesso do nicho de lancheiras a uma única pessoa, entretanto, é impossível falar sobre o tema e não se lembrar do canal da Thalita Campedelli, também conhecida por montar as famosas “lancheiras da Nina”.

Há mais de 5 anos produzindo conteúdo para o Youtube, Thalita mostra o processo da produção e montagem da lancheira de seus filhos há pelo menos 4 anos. Recentemente, as lancheiras voltaram a fazer sucesso no canal após as reações do influenciador digital e jornalista Casimiro. 

Os vídeos de reação, conhecidos como “react”, consistem no influenciador assistindo e comentando os vídeos do canal da Thalita. A abordagem irreverente e os bordões que ganharam popularidade, como o “amassou” e o “muito forte”, conquistaram o público e trouxeram popularidade tanto a Casimiro, quanto à Thalita.

Além de Thalita, outros canais se destacaram, como é o caso de Angela Inoui e Paloma Boff. Ambas moram fora do Brasil e compartilham, através da montagem de lancheiras, a realidade alimentar e escolar em outros países.

Fora do Youtube, também é possível se deparar com perfis de grande, médio e pequeno porte fazendo vídeos de lancheira ou marmita, principalmente no Tiktok. As dicas de receitas e a proximidade criada entre consumidor e produtor de conteúdo atraem a atenção de milhares de usuários, que não perdem um vídeo sequer. 

Dicas para montar lancheiras

Para além do entretenimento, os vídeos de lancheira podem trazer dicas para os pais e responsáveis que possuem dificuldade na hora de fazer a montagem, ou, ainda, podem despertar a vontade de deixar o posto de telespectador para se tornar um novo produtor de conteúdo nesse nicho. 

Independentemente de qual seja a sua escolha, abaixo é possível encontrar dicas para facilitar a montagem da lancheira escolar dos pequenos: 

Dica 1: escolhendo a lancheira

A dica pode parecer um tanto quanto óbvia, mas a escolha de uma lancheira adequada e resistente é essencial para que os lanches sejam transportados com organização e segurança. 

Na hora de comprar a lancheira ideal, é importante considerar a faixa etária da criança e optar por um tamanho que acomode a quantidade necessária de alimento. Além disso, lancheiras com compartimentos térmicos podem ajudar a manter a qualidade e o sabor de alimentos mais sensíveis.

Dica 2: o equilíbrio é a chave

Alimentos industrializados e refrigerantes ou água e frutas? A resposta é o equilíbrio! É importante manter uma lancheira balanceada com alimentos saudáveis para as crianças, mas isso não significa que lanches saborosos e doces devem ser proibidos. Encontrar o equilíbrio entre os itens é essencial para manter a saúde e não tornar o momento da alimentação indesejado para os pequenos.

Dica 3: a participação das crianças é essencial

A liberdade de escolha deve fazer parte da rotina das crianças desde cedo, e com a lancheira não é diferente! Escutar as vontades dos pequenos e observar o consumo de determinados alimentos pode auxiliar em uma montagem mais assertiva e satisfatória para todos os envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.