Pessoa apresenta seu currículo para empregadora

Como deixar um currículo mais completo aos olhos do empregador?

Muitos empregadores sabem que com um bom currículo será o primeiro passo para conseguir um bom emprego, mas nem todos fazem a famosa pergunta: “Meu currículo está indo bem?”.

Você pode até não saber, mas talvez seu currículo tenha sido excluído de algumas opções de trabalho simplesmente por causa de quanto ele parece e fornece. Ter experiência e aprendizado é importante, porém não apresentá-lo poderá estragar tudo.

Obviamente, a classe ideal não existe. Então o segredo é conhecer a empresa em que você quer trabalhar e construir suas informações com base em um perfil da localidade, jamais minta no currículo, é claro!

Lembre-se que o responsável pela revisão do currículo pode ter muito material em suas mãos. Diversos currículos competem com você por espaço.

Como se destacar? O que você pode fazer para ser notado neste grupo de pessoas?

O primeiro passo será encontrar um equilíbrio: nem detalhes demais nem informações de menos. Nem muito longo, nem muito curto. Usar a objetividade será o primeiro passo. Uma mensagem bem estruturada ajuda a chamar a atenção do seu potencial empregador imediatamente.

1. Dados pessoais

Você não precisa preencher todos os dados pessoais em seu currículo. Os potenciais empregadores não precisam saber seu RG, CPF ou nome de seus pais quando forem lhe contratar. Em vez disso, basta digitar:

  • Nome completo
  • E-mail
  • Telefone de contato
  • Endereço do seu perfil no LinkedIn (se tiver). Não inclui perfis de redes sociais.
  • Cidade onde mora
  • Idade ou data de nascimento (opcional)

Aqui está uma observação muito importante: tenha sempre cuidado com o nome que você usa em seu e-mail e endereços de mídia social.

Apelidos da Internet ou associações com personagens podem dar uma impressão negativa aos avaliadores. Para uma aparência que seja mais profissional, crie um endereço com o seu nome real e nenhuma outra informação.

2. Áreas de especialização designadas

Após os dados pessoais, antes de descrever a sua experiência e formação, o melhor é apresentar em poucas palavras uma área de atuação que seja bem definida, enfatizando pontos-chave. Essas informações devem comunicar o que você está usando de forma rápida e genérica. Exemplo:

  • Redes Sociais e Publicidade Online
  • Recursos Humanos e Gestão de Pessoas
  • Finanças e Controladoria
  • Enfermagem e Acompanhamento de Saúde

Dentro do currículo não será o espaço para informar o cargo desejado. É importante entender como distinguir os cargos e áreas de atuação.

3. Treinamento

Descreva brevemente as suas graduações ou Cursos Online Gratuitos. Use os dados abaixo como exemplo:

  • Modalidade do curso;
  • Título do curso;
  • Instituição;
  • Local do Curso;
  • Período do curso.

4. Faça um resumo das suas qualificações

Resuma as suas qualificações em poucas frases, tenha em mente que você deve descrever as áreas de especialização e qual será o seu papel em cada uma delas.

Exemplo:

• Redes Sociais: Interação com o público com a produção de conteúdo;

• Publicidade Digital: experiência de anúncios do Google, campanhas, planejamento de custos.

Evite longas listas de qualificações. Escolha sempre aqueles que têm mais vínculos com a empresa com a qual você está se candidatando.

5. Capriche na experiência profissional

Destacamos que esta é uma das partes mais importantes dentro de um currículo e ela precisa de muita atenção. Aqui você deverá destacar quais são as suas experiências mais recentes e relevantes.

A ordem das experiências vai sempre da mais nova para a mais antiga.

Os dados devem aparecer:

• Empresas que trabalhou;

• O período que você trabalhou nelas empresa;

• Descrição da empresa;

• Último cargo ocupado que você desempenhou;

• As atividades na empresa

6. Mencione aulas e outras atividades

Se você possui Cursos de Computação, experiência internacional ou participação em atividades que melhorem suas chances de conquistar uma vaga de emprego. Não há necessidade de preencher detalhes ou listar uma longa lista de eventos.

7. Esqueça as fotos

Não coloque uma foto em seu currículo, a menos que seja exigido. Se você deseja incluir fotos, elas devem ser simples e amigáveis. Evite selfies, fotos de biquine ou festas. Uma imagem simples e um fundo neutro pode fazer total diferença.

Você não precisa usar gráficos para enfeitar o currículo, não use: bordas, fontes diferentes, efeitos de sombra, cores extras, o que for. Busque sempre deixar o seu currículo o mais simples possível.

As fontes de texto também devem ser sóbrias. Evite letras cursivas que pareçam manuscritas ou muito retocadas, elas podem dificultar a leitura.

8. Observe a linguagem

Para os profissionais, nada mais comprometido que enviar um currículo com algum erro de português!

Invista sempre numa revisão detalhada do seu currículo. Se você não tiver certeza sobre a grafia de uma palavra em particular, procure-a em um dicionário online. Se você não tem certeza de como escrever, procure ajuda profissional. 

9. Preste atenção ao formato

Se você não é designer, artista ou arquiteto, seu currículo costuma ser mais visual. Portanto, sempre procure não inventar formatos diferentes com o objetivo de impressionar o avaliador.

Muitas vezes o segredo do sucesso é não ter medo de parecer simples: use tamanho A4 para infográficos – o padrão brasileiro – e use fontes que variam de tamanho nos títulos e no texto. Busque concentrar as devidas informações em no máximo duas páginas. Não tente impressionar pela quantidade!

Para imprimir, use um papel A4 branco um pouco mais pesado que o padrão e de melhor qualidade. Esses documentos são fáceis de encontrar em papelarias.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.