5 dicas para evitar o mau hálito

Nem sempre é possível poupar a si mesmo de problemas bucais ao longo da vida, sejam eles estruturais, de formação ou uma patologia específica. Entretanto, é muito importante, e até mesmo fácil, evitar o mau hálito

Nesse artigo falaremos desse problema que pode ser bastante incômodo, tanto para as pessoas que o possuem, como para os amigos e familiares próximos. Confira 5 dicas de como evitar o mau hálito.

O que é mau hálito?

Quando falamos em mau hálito, estamos discutindo uma condição bastante comum na vida das pessoas. De modo geral, o hálito é referente ao odor que exalamos quando respiramos pela boca ou quando falamos. Determinados alimentos e situações podem gerar mau hálito.

Esse problema pode ser causado por uma série de situações. Ele pode aparecer sozinho, independente de outras doenças bucais, ou então estar associado a outras doenças, sendo um dos sintomas mais comuns dessas patologias, tais como:

 

  • Cáries;
  • Placa bacteriana;
  • Gengivite;
  • Periodontite.

 

Apesar de ser um problema que pode surgir facilmente, independente se você está em tratamento com aparelho transparente preço ou não, o mau hálito também pode ser facilmente evitado, basta ter alguns cuidados importantes no cotidiano. 

Quais cuidados manter para evitar o mau hálito?

 

Como foi mencionado, existem alguns cuidados básicos que devem ser mantidos para assegurar que não haja sinais de halitose ou outras doenças atreladas à saúde bucal. Podem ser citados como exemplos:

  1. Higienização bucal

 

Para começar, é imprescindível destacar que você deve ter uma boa higienização bucal para evitar o mau hálito, sendo que uma das principais causas dessa condição é justamente a ausência de cuidados com a saúde bucal.

 

A higienização bucal é fundamental em todos os momentos da vida, seja se você tiver todos os dentes da boca ou utilizar uma prótese fixa dentária

 

Nesse processo de higienização, você deve escovar os dentes corretamente diversas vezes ao dia, essencialmente após as refeições, antes de dormir e após acordar. 

 

Para complementar a higienização diária, o uso de fio dental reforça ainda mais a escovação, diminuindo as chances de você ter mau hálito.

  1. Limpeza da língua

 

Muitas pessoas acham que basta escovar os dentes e que tudo estará perfeito. Tecnicamente, não é assim que funciona. 

 

A língua, assim como os dentes, é uma região muito afetada pelas bactérias que geram o mau hálito, sendo necessário que você tenha cuidados diários com esse órgão.

 

Por isso, se você achar que está com mau hálito e procurar por preço de limpeza de dente  para resolver a situação, é importante que você pense se está cuidando corretamente da limpeza da sua língua, eliminando por completo essas bactérias que causam o mau hálito.

 

  1. Consumir água

 

Consumir bastante água durante o seu dia a dia também é uma excelente forma de se prevenir e evitar o mau hálito. 

 

Mantendo a boca hidratada, ajuda na produção de saliva, que é uma fonte de limpeza natural dos dentes e da boca de modo geral. Por isso, é fundamental que você consuma uma grande quantidade de água.

 

  1. Evite jejuns prolongados

 

Quando você está passando por um tratamento odontológico, como o uso da faceta nos dentes, você recebe uma série de recomendações de seu dentista para que o tratamento seja o mais funcional possível.

 

Quando se vai ao dentista para uma consulta regular, também são recebidas recomendações para assegurar a saúde bucal. Uma das certezas é que para evitar o mau hálito, jejuns prolongados devem ser evitados.

 

Ficar sem comer por muito tempo pode gerar um odor ruim na boca e, por isso, é interessante que sejam consumidos alimentos de 3 em 3 horas, por exemplo.

  1. Evitar o tabagismo

 

Para evitar o mau hálito, e também para fazer tratamentos odontológicos bem executados e com a eficiência comprovada, como o clareamento dental promoção, é fundamental que evite o tabagismo.

 

O tabaco presente no cigarro, por exemplo, somado às inúmeras substâncias nocivas, fazem muito mal para a saúde como um todo, podendo gerar uma série de doenças importantes, incluindo o câncer bucal.

 

Além disso, o cigarro possui um forte cheiro, que permanece na boca após fumar, gerando mau hálito. Como os fumantes têm o costume de utilizar várias unidades do maço durante o dia, o problema vai se agravando. 

 

Por isso e muitos outros motivos, é interessante que evite o tabagismo para prevenir o mau hálito. 

 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.