Dicas para decorar seu quarto

Ter um ambiente exclusivo para cada morador em sua própria casa é essencial, uma vez que fornece um espaço privado para as atividades pessoais e ainda possibilita a criação de uma identidade própria, o que exige seguir algumas dicas para decorar quarto

Afinal, isso deixa o local mais aconchegante e ainda possibilita um melhor aproveitamento dos espaços, abrindo possibilidades para um ambiente exclusivo. 

Por que é importante ter um quarto?

Para começar, é imprescindível destacar que o quarto, independente da idade do indivíduo, é considerado um cômodo para fugir de todas as correrias da casa e da necessidade de interação com outras pessoas, o que reflete em um ambiente privado. 

O quarto é um ambiente para reflexão, descanso e distração, além de ser um local único e que pertence apenas aquela pessoa, fornecendo-lhe mais segurança, além de que torna possível uma composição mais pessoal.

Pode ser considerada a área mais íntima da casa, uma vez que as cozinhas planejadas com ilha ou outros cômodos são locais comuns a todos os moradores, enquanto o quarto é individual e permite a realização de alterações personalizadas. 

Basicamente, ele refere-se à essência pessoal de seu dono, caminhando e mudando de acordo com o próprio desenvolvimento, desde o nascimento e a infância até se tornar um adulto. 

O quarto é o ambiente em que cada um repousa, vive os próprios momentos interiores, cura-se as dores e armazena os objetos particulares, fazendo com que o seu projeto atenda à beleza e promova acolhimento. 

Dessa forma, é essencial que o quarto acompanhe a transformação das atividades de cada pessoa ao longo do seu crescimento, desde ser um espaço para aprendizado até para ser um meio de proteção, diferenciando-se pelas cores e móveis utilizados. 

Nesse contexto, torna-se extremamente importante que a decoração também mude seguindo as fases iniciadas e terminando os ciclos, mas sempre acompanhando os novos quereres de quem irá habitar naquele quarto. 

Isto é, deve-se ter em mente que, quando trata-se de uma criança, pode ser que ela possivelmente queira uma decoração com balão de gás hélio e brinquedos espalhados, o que não acontece conforme forem envelhecendo, deixando de gostar desse tipo de tema.

Com isso, eles irão desejar estar em um ambiente que os acolha, sem a necessidade de objetos infantis, passando a desejar o uso de cores mais neutras e sem brinquedos, transmitindo as fases do seu desenvolvimento. 

Portanto, o quarto funciona com diferentes propósitos conforme a etapa da vida do habitante, vai mudando e se adaptando aos seus novos gostos, mas sempre funcionando como um espaço único, sendo, portanto, um porto seguro pronto para acolhê-la. 

Afinal, como decorar esse cômodo?

É fundamental que o quarto seja acolhedor e organizado, com bom aproveitamento do espaço e que estabeleça um local confortável, fazendo com que quem durma nele deseje estar ali.

Para isso, torna-se fundamental levar em consideração algumas dicas de decoração, seja o cômodo destinado a uma pessoa, um casal, um bebê, de tamanho pequeno ou grande. Acompanhe algumas das principais delas:

1 – Dê prioridade para as cores claras

É muito importante que o ambiente seja decorado com cores claras, para que não fique algo muito pesado ou poluído visualmente, assim, o indivíduo não enjoa rapidamente da decoração e dificilmente desejará trocá-la em um curto espaço de tempo. 

Além disso, essa opção dá a impressão de que o quarto é mais amplo, sendo uma ótima dica para quem irá se mudar para apartamentos ou casas que sejam de tamanho reduzido, ajudando a valorizar o espaço.

Deve-se compreender que isso não significa que o local seja monocromático, isto é, sem nenhum elemento de destaque, muito pelo contrário, na verdade. Para isso, a solução é utilizar cores mais chamativas em determinados móveis ou objetos. 

Por exemplo, é uma ótima opção pintar as paredes do quarto de bege claro, o chão com uma madeira de tom não tão forte e adicionar almofadas coloridas ou um expositor de acrílico para maquiagens, chamando mais a atenção de modo direcionado. 

 

Caso desejar que uma parede fique em destaque, ela pode ser pintada com um tom diferente das outras ou poderá fazer a aplicação de papel de parede em uma delas, lembrando que nichos com objetos ou pequenos espelhos também são uma ótima opção.

2 – Evite colocar muitos objetos decorativos

Como foi dito, é imprescindível que o quarto possua uma decoração que permita ao morador se identificar com o ambiente, mas se deve sempre levar em consideração a necessidade de evitar a poluição visual. 

Dessa forma, deve-se fugir da adição de objetos de decoração em excesso, pois eles podem chamar muita atenção e cansar a visão do quarto. Para o quesito “menos é mais”, é mais importante acertar em quais objetos colocar do que na quantidade deles. 

Por exemplo, se em uma parede for colocada uma estante de livros cheia, pode ser que não seja interessante a adição de mais muitos móveis, pois a própria estante já possui muitos elementos e colocar mais deles pode fazer com que o ambiente fique muito carregado. 

Isso porque o local pode passar a sensação de estar apertado e sem muito conforto, então é uma boa opção utilizar poucos quadros na parede, deixar apenas os itens necessários na cabeceira e evitar colocar os objetos muito próximos. 

Ademais, todos os itens de decoração precisam estar combinando uns com os outros, tanto nas suas cores, quanto no material utilizado e na estética que se deseja criar, sendo algo mais antigo ou moderno e como eles irão ficar esteticamente juntos. 

Dessa maneira, pode ser uma ideia muito boa considerar contratar um profissional especializado na construção de projeto comercial e residencial, pois ele irá dar um direcionamento sobre os elementos que lhe agradam e ficam em harmonia no cômodo. 

3 – Procure por inspirações

Com o crescimento da internet, tornou-se cada vez mais simples e rápido acessar as informações desejadas. Isso também funciona para auxiliar na decoração de um quarto, uma vez que existem aplicativos apenas com fotos de inspirações para isso. 

 

Sendo assim, uma estratégia muito benéfica é a realização de buscas nas plataformas digitais e nas redes sociais por fotografias de ideias de quartos de outras pessoas, surgindo como um meio de se inspirar para sua própria decoração. 

 

Assim, uma pessoa que fez um projeto de ar condicionado com uma empresa que possui o diferencial de saber ocultar todo o maquinário e transformá-lo em uma decoração básica, como de nuvem, facilita o surgimento de ideias e deixa o quarto com um estilo mais seu. 

4 – Dê preferência para móveis multifuncionais 

Uma outra dica essencial é dar preferência aos móveis multifuncionais, principalmente quando o quarto for para crianças, devido ao fato de serem mais práticos e podem assumir diferentes papéis. 

Eles são mais indicados para os petizes, porque, conforme eles forem crescendo, vão desejar mudar a decoração, então esses móveis servem como uma forma de não gastar dinheiro com a mudança completa, apenas a atualização de pontos específicos.

Por exemplo, ao invés de comprar uma cama de adultos, pode optar por um berço que se adapta a uma cama infantil ou uma escada plataforma pequena que pode ser usada tanto para subir em uma beliche quanto para se tornar parte de alcance de uma estante futura. 

Além disso, esses móveis podem ser muito úteis para o dia a dia, otimizando o espaço e facilitando os locais para guardar seus objetos, como os puffs ou camas baú, que fornecem um espaço de armazenamento significativo e sem ocupar uma área a mais. 

Por fim, esses móveis são ótimas opções para pessoas que não desejam gastar muito dinheiro com pequenas mudanças de decoração, mas que já são capazes de mudar completamente o ar do ambiente. 

5 – Aposte em itens para as paredes

Os nichos são itens simples e fáceis de instalar, mas que são capazes de deixar o ambiente com uma aparência completamente diferente, graças a sua aparência e aos objetos que são adicionados nele. 

Outra opção seria uma mudança nos quadros das paredes, como a emolduração de diversos cursos com serviços de certificação da graduação ou fotos novas ou até quadros com desenhos feitos por si. 

Esses são pequenos detalhes, mas que, quando colocados nas paredes, conseguem aumentar o destaque do quarto e garantir uma mudança completa na decoração do ambiente sem nem precisar investir muito financeiramente. 

Quais as vantagens da decoração de quartos?

Nesse contexto, é possível destacar que realizar a decoração dos quartos pode ser uma atividade muito benéfica, tanto durante a realização da tarefa, quanto como seus resultados depois de pronto. Algumas dessas vantagens são:

  • Melhora o aproveitamento do ambiente;
  • Cria uma identidade para o espaço;
  • Garante um cômodo com mais harmonia;
  • Deixa o local mais organizado e arrumado;
  • Funciona como uma forma de expressão;
  • Serve como um passatempo.

Portanto, investir na criação de uma decoração do quarto pode ser uma ótima ideia para qualquer pessoa, além de ser uma atividade que foge da rotina pesada.

Conclusão

Assim como o piso tátil concreto, o quarto é um como seguro para as pessoas, funcionando como uma maneira de acolher a todos e criar um espaço único para se expressarem e fazerem o que desejarem. 

Nesse contexto, surge a necessidade de investir na sua decoração e na garantia de diferentes objetos que demonstrem o seu interior e seus sentimentos. Por isso, é importante seguir algumas dicas para um resultado final de qualidade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.